Flash - jul 22, 2020

RH Summit 2020 | Prêmio GPTW Mulher - Parte #3

O RH Summit acabou, mas foi tão incrível que viemos compartilhar com você tudo o que rolou por lá. O RH Summit é o maior evento (online e gratuito) de RH da América Latina! 

08_0720_Content_BlogGPTWMulher_1200x628

O evento aconteceu entre os dias 22 e 26 de junho, contou com mais de 60 palestras divididas em 6 trilhas de conhecimento, são elas: 

  • Employer Branding, Talent Acquisition, Benefícios e Onboarding;
  • Analytics e Performance;
  • Educação corporativa, Liderança e Diversidade;
  • Cultura, Carreira e Remuneração;
  • Tendências e Carreira em RH;
  • Premiação GPTW Mulher.

Falamos nos dois últimos textos sobre as 5 primeiras trilhas de conhecimento e hoje trouxemos para você um artigo inteiramente dedicado à premiação GPTW Mulher. Vamos explicar o que é, e quais foram as empresas premiadas. Aproveite! 

O que é GPTW Mulher?

É uma iniciativa do GPTW (Great Place to Work Brasil) que tem como intuito promover discussões sobre o posicionamento da mulher na sociedade, quebrar estereótipos, fortalecer a inclusão da diversidade de gênero e promover o protagonismo feminino, além de premiar as melhores empresas para a mulher trabalhar, baseando-se na proporção homem-mulher e na quantidade de mulheres líderes dentro de cada empresa.

O evento conta com sua 4ª edição e, pela primeira vez, abriu para todo o público de forma online e gratuita além das premiações, e informações sobre o papel das mulheres no mercado de trabalho. 

A edição contou com 640 empresas inscritas, representando um total de 661.723 funcionários, e de todas as empresas que se inscreveram 70 foram selecionadas, onde 35 representam a categoria “Porte Médio” e as outras 35 representam a categoria “Porte Grande”.

Mulheres no mercado de trabalho

Só ouvimos alguém de verdade quando acreditamos que esse alguém tem algo interessante a dizer”, inicia falando Daniela Diniz, HR Specialist no GPTW Brasil e mediadora das palestras. As perguntas que devemos nos fazer é se as mulheres realmente são ouvidas no ambiente de trabalho ou a liderança apenas finge que as ouve. Quando as mulheres conseguem falar e serem ouvidas, qual é o impacto dessa fala nos negócios? 

Atualmente o número de mulheres que assumem papel de liderança — seja na política ou nas organizações— tem crescido, mulheres que têm suas vozes ouvidas e atuam como protagonistas. Acontece que mesmo com o crescimento observado nos últimos anos, ainda há uma desproporção considerável.

Uma pesquisa realizada pela Heads Propaganda em conjunto com a ONU Mulheres, mostra que apenas 25% dos personagens em propagandas são mulheres e desse total, apenas 3% são representadas em papel de liderança, ou seja, além de não terem o mesmo espaço que homens no mercado, não são vistas em posições de relevância.

Além da representatividade, um relatório do Fórum Econômico Mundial aponta sobre igualdade de gênero — o estudo mostra que a luta pela igualdade precisa continuar ativa e constante para ter o efeito esperado só em 2095. Quando se fala de participação econômica e oportunidades femininas, há uma discrepância de 60% em relação aos homens. 

Na questão salarial os números não nos deixam menos surpresos, o Brasil está em penúltimo lugar dentre todos os países do continente Americano no ranking de desigualdade de salários, já no ranking geral, ocupamos o 124º lugar de 142 países avaliados.

Quais foram as empresas 

premiadas?

A premiação ocorreu em duas categorias, grande e médio porte. Vamos listar em ordem crescente as 5 primeiras colocadas em cada categoria:

Médio Porte

  • 1º Lugar - Levvo: Grupo empresarial brasileiro e franqueado do McDonald’s;
  • 2º Lugar - Bristol-Myers Squibb: empresa farmacêutica americana;
  • 3º Lugar - Mastercard: empresa de pagamentos eletrônicos que independe de rede credenciada;
  • 4º Lugar - Aspen Pharma: Indústria farmacêutica africana;
  • 5º Lugar - Qualirede: gestão completa de planos de saúde.

Grande Porte

  • 1º Lugar - Johnson & Johnson: empresa americana especializada na produção de farmacêuticos, utensílios médicos e produtos pessoais de higiene;
  • 2º Lugar - Accor: rede hoteleira;
  • 3º Lugar - Grupo Boticário: empresa brasileira de cosméticos;
  • 4º Lugar - Cognizant: Inteligência artificial;
  • 5º Lugar - Laboratório Sabin: medicina diagnóstica.

A Flash é uma empresa que enxerga a mulher como protagonista e incentiva a diversidade de gênero, credo, etnia ou em qualquer outra forma. Entendemos que um sistema diverso e plural nos faz chegar mais longe.

Chegamos no mercado com o intuito de revolucionar a forma de fornecer benefícios e essa revolução não seria possível sem as mulheres que integram o time Flash

Quer conhecer mais sobre a Flash? Conheça-nos aqui.