Flash - jun 29, 2021

Como oferecer o vale-cultura para seus colaboradores?

Motivar colaboradores é um desafio constante para líderes e gestores de equipe. Nessa missão, uma das ferramentas mais utilizadas – e também uma das mais efetivas – são os benefícios corporativos

Vale cultura copy

Eles são capazes de agregar valor à proposta de uma empresa, além de proporcionar mais satisfação para todos aqueles que fazem parte do quadro de funcionários. 

Para realmente surpreender e encantar, é preciso sair do óbvio. É por isso que o vale-cultura é um dos benefícios mais valorizados por colaboradores, embora não seja um dos mais populares. 

Neste artigo, falamos sobre como incluí-lo na política de benefícios da sua empresa de forma descomplicada. Acompanhe! 

 

O que é vale-cultura?

O vale-cultura é mais um dos benefícios que os empregadores podem conceder aos seus colaboradores. Ele consiste em um saldo exclusivo para a compra de ingressos em atrações culturais, cinemas, teatros ou até mesmo para a compra de livros, discos e outros artigos semelhantes.

O vale-cultura também pode ser usado no pagamento de mensalidades de cursos, compra de instrumentos musicais e mais. 

De forma geral, esse é um benefício que busca ajudar no desenvolvimento pessoal e profissional dos colaboradores, auxiliando-os a construir uma vivência mais completa fora do ambiente de trabalho. 

 

Qual é a importância do vale-cultura?

As vantagens de receber o vale-cultura são evidentes para os colaboradores, não é mesmo? O que poucos sabem é que ele não se limita a beneficiar apenas os profissionais, mas também pode ser produtivo para a empresa. 

Isso acontece porque, com uma política de benefícios mais competitiva, sua empresa sai na frente no quesito retenção de talentos, além de ganhar vantagem em processos seletivos. 

Motivar os colaboradores por meio de benefícios garante equipes mais produtivas, além de melhorar o clima organizacional da empresa. Em longo prazo, um benefício como esse pode ajudar a construir equipes mais diversas e inteligentes, com um contexto cultural ainda mais rico. 

 

O que é PCT? 

O vale-cultura foi criado em 2012 pela Lei n.° 12.761, conhecida como o Programa de Cultura do Trabalhador (PCT). Ele prevê determinadas isenções fiscais para empresas de certas categorias, mas nem todas as empresas que desejam conceder o vale-cultura precisam estar ligadas ao programa para fazê-lo. 

Para inscrever a sua empresa no PCT, basta visitar o site do Ministério da Cultura, clicar em “credenciamento” e depois em “cadastrar beneficiário”. Então, preencha as informações do formulário e conclua o processo. 

Empresas com apenas um trabalhador já podem participar do PCT. O Ministério da Cultura recomenda que a prioridade de concessão do benefício seja para colaboradores que recebem até 5 salários mínimos, mas essa não é uma regra. 

 

Como oferecer o vale-cultura para seus colaboradores?

Se você procura uma empresa eficiente para gerenciar os benefícios corporativos da sua companhia, conte com a Flash Benefícios, a maior empresa de benefícios flexíveis do Brasil! 

 

Nossa solução de vale-cultura é simples de usar porque foi projetada para descomplicar a vida de equipes de Recursos Humanos e trazer mais satisfação para seus colaboradores. Visite nosso site agora e conheça todas as vantagens desse benefício!